Dieta Vegana – O que é, benefícios, emagrece→【VEJA!】

Assim como a dieta vegetariana, a dieta vegana vem tomando cada vez mais espaço na mídia e no gosto popular. A decisão de optar por uma dieta vegana pode ter origem por vários motivos, seja éticos, religiosos, ambientais ou de saúde. Mesmo sendo uma dieta muito mais restrita do que a própria vegetariana, ela pode trazer inúmeros benefícios a saúde. Tudo isso claro, se for muito bem planejada e com substituições eficazes e de qualidade.

O que é?

Um dos principais benefícios a quem adere a esse tipo de alimentação é a redução do açúcar, diminuição do colesterol e triglicerídeos do sangue. A dieta vegana e o veganismo em si são um estilo de vida que tem como objetivo excluir o consumo de qualquer forma de uso de animais como fonte de cosméticos, alimentos, vestuário, medicamentos, etc.

Por isso, quem adere a esse estilo de vida, não utiliza nenhum tipo de produto de origem animal como ovos, mel, laticínios e carnes. Toda sua dieta é baseada em produtos de origem vegetal como leguminosas, proteínas vegetais, cereais, nozes, legumes, vegetais, frutas etc. Também é muito utilizada por quem adere ao Jejum intermitente.

 

 

Com um bom planejamento alimentar, a dieta vegana pode trazer muito benefícios. Porém, ao aderi-la é muito fácil confundir a comida de verdade com o chamado Junk food, comida lixo, que traz alimentos ultra processados e com calorias vazias, que não ajudam a suprir os nutrientes e vitaminas diárias e necessárias para o bom funcionamento do nosso organismo.

Um bom exemplo, é a bata frita que mesmo sendo uma opção vegana, não supre as necessidades diárias e ainda é rica em carboidratos, que ajudam a estocar ainda mais gordura e a bloquear a queima dela. Favorecendo o ganho de peso. Por isso, tanto na dieta vegana, como em qualquer tipo de alimentação é preciso focar sempre em alimentos diversos, saudáveis, leves e que estejam dentro dos macronutrientes essenciais para o bom funcionamento do organismo: Proteínas, fibras, gorduras boa, carboidratos. Daí a importância de seguir um cardápio que ajuda você a emagrecer, mas que também te mantenha nutrida.

Dieta vegana e as Proteínas

A ingestão de Proteínas de qualidade é fundamental para manter nosso corpo em equilíbrio. ela é responsável por vários processos metabólicos essenciais como a manutenção e equilíbrio hormonal, reparar danos celulares, e no ganho e manutenção da massa muscular. Segundo estudos, para quem pratica atividades físicas, diárias, o ideal é ingerir ao meno 1,5 g de Proteína por quilo de peso.

A deficiência de Proteínas pode causar diversos tipos de problemas de saúde:

  • Cansaço
  • Perda de massa muscular
  • Dores musculares e articulares
  • Redução na capacidade de recuperação após esforço físico
  • Menor taxa na recuperação de doenças
  • Imunidade baixa
  • Edema (inchaço)
  • Queda de cabelos, unhas e cabelos fracos
  • Pele seca
  • Dor de cabeça
  • Náuseas.

São poucos alimentos vegetais que contém todos os 9 aminoácidos essenciais ao organismo. O mais recomendado é sempre combiná-los para conseguir suprir todos os componentes da proteína. Enfim, conheça agora as principais fontes de proteínas vegetais e alimentos permitidos nesse tipo de dieta:

Leguminosas

São ricas em nutrientes importantes para a saúde como um todo. São muito práticas e versáteis e podem ser utilizadas tanto em pratos quentes bem como saladas.  Ricas em fibras, proteínas, ácido fólico, Vitamina B6, Vitamina C, E, K, Manganês, ferro, potássio, fósforo, selênio e cálcio.

Como resultado, ajudam na perda de peso, pois saciar por mais tempo, além de melhorar a motilidade intestinal.  As proteínas também auxiliam no processo de emagrecimento, pois além de saciar por mais tempo, ainda ajuda no ganho de massa magra, acelera e regula o metabolismo.

Ex: Lentilha, feijão, ervilhas, grão de bico, amendoim

Sementes Oleaginosas

 

Ricas em gorduras boas, proteínas, magnésio, fósforo, manganês, vitaminas do complexo B, Vitamina E e selênio, são uma opção saudável e estratégica para o dia a dia.

Desse modo, seus principais benefícios estão o controle dos níveis de colesterol, principalmente o ruim, protegendo contra doenças cardíacas, combater o câncer e tratar hipertensão. Como resultado também é um importante antioxidante que ajuda a combater os radicais livres e contra o envelhecimento precoce. Da mesma forma que também ajuda no processo de emagrecimento por serem nutritivas e manter a saciedade por muito mais tempo.

Ex: Nozes, amêndoas, avelãs, castanhas, linhaça, chia, Girassol, Abóbora, Gergelim

Cereais

São super nutritivos ricos em fibras, vitaminas e minerais. Contém minerais como manganês, fósforo, magnésio, cobre, cromo, zinco etc. Também contém biotina, vitamina B1 e proteínas auxiliando o aspecto da pele, cabelos e unhas. Dessa forma, além de ajudar a controlar a diabetes, diminuir colesterol, reduz o risco de câncer do cólon, protege o coração de doenças degenerativas, ajuda na perda de peso, ganho de massa.

Ex: Arroz integral, aveia, quinoa, amaranto, centeio, milho

Vegetais

As folhas verdes, em geral, são importantes fontes de diversos nutrientes muito importante a saúde do nosso corpo. São ricas em cálcio, Vitamina A, C, E, magnésio, ácido fólico, etc.

Em segundo lugar, tem propriedades antioxidantes que fortalecem o sistema imunológico e protegem contra diversos tipos de doença, inclusive o câncer. Os antioxidantes também previnem contra o envelhecimento precoce, doenças cardíacas, protege a saúde dos ossos e a do cérebro.

Ex:Cogumelos, Algas, Espinafre, Couve, Brócolis, Agrião, Alfafa, Batata doce,

Frutas

São nutritivas pode ser utilizada em várias receitas, geralmente, simples e práticas. Mesmo tendo carboidratos elas são ricas em vários nutrientes importantes para nosso organismo, não apenas na perda de peso quanto no ganho de massa muscular.

Ricas em fibras, potássio, vitamina C, B12, B2, B6, vários minerais, magnésio, cobre, manganês, cálcio, ferro e ácido fólico. Também tem antioxidantes como a dopamina, catequina e triptofano que auxilia na produção de serotonina, ou seja, mantendo os níveis de relaxamento e bom humor.

Ex: Damasco, passas, ameixas, tâmaras, goiaba, maracujá, abacate, banana

A dieta vegana emagrece?

 

Uma das principais dúvidas que surgem é se a dieta vegana pode ajudar a emagrecer. A resposta é sim. Caso você não consiga consumir todos os nutrientes e vitaminas diários necessários, e ainda suplementar, você consegue perder peso. Afinal, ao suplementar, além de conseguir ingerir os níveis recomendados de nutrientes. Assim,  você  consegue economizar nas compras, ter mais simplicidade e praticidade no seu dia a dia. Para isso, sempre é bom fazer os exames necessários, frequentemente, para saber se há ou não deficiência de vitaminas. Então, você terá certeza se é opcional suplementar ou essencial.

Mesmo limitando o consumo de alimentos processados, cheios de conservantes, edulcorantes, corantes, etc, o consumo de alimentos ricos em nutrientes é essencial  para os veganos. Em resumo, caso não seja muito bem pensada e planejada, uma dieta vegana pode trazer inúmeros riscos a saúde e, principalmente, a carência nutricional.

Perigos

Segundo estudos científicos, os veganos têm um risco maior de deficiência de vitamina B12, Vitamina D3, ômega 3, Iodo, Ferro, Cálcio e zinco. Para suprir essa carência, muitas vezes, é necessário adotar o uso de suplementos para conseguir atingir os níveis de vitaminas necessários.

Ainda segundo pesquisas,  cerca de 30% dos veganos tem mais chances de fraturar ossos do que os vegetarianos e onívoros. Apresentam 5% menor densidade nos ossos do que onívoros, porque consumirem menos cálcio, podendo desenvolver sérias doenças crônicas como a osteopenia ou a osteoporose.

Foi constatado que os níveis de Vitamina D em veganos também são os mais baixos, assim como os níveis de betacaroteno, selênio, iodo e ácidos graxos essenciais. Agora, vou te mostrar os principais nutrientes que quem adere a dieta vegana deve suplementar para garantir a saúde e bom funcionamento hormonal como um todo. Prevenindo contra diversas doenças e deficiências:

#1 Vitamina B12

Uma das principais vitaminas, a Vitamina B12 é responsável pela produção de energia pelo nosso corpo. A carência dela pode resultar na anemia, prejudicar o sistema nervoso, doenças cardíacas crônicas, complicações na gravidez, etc. Só encontrado em alimentos de origem animal, justamente os alimentos proibidos na dieta vegana. Inclua alimentos fortificados com B12 em cada refeição e sempre veja os rótulos para saber o que e quanto está comendo.

#2 Vitamina D

Essa vitamina tem uma importante função hormonal,  e se há carência dela no sangue pode haver muitas alterações e efeitos colaterais como dor muscular, fadiga, hipertensão, doenças cardiovasculares e degenerativas, etc.  É uma vitamina muito rica nos alimentos de origem animal, porém não é muito encontrada nos de origem vegetal.

#3 Betacaroteno

Considerada um importante antioxidante, a vitamina A é essencial para a saúde dos olhos, num bom funcionamento do sistema imunológico. O betacaroteno é o seu precursor,isto é, no organismo ele é convertido em vitamina A.  Ele pode ser encontrado em alimentos como a cenoura, abóbora, pimentão e todos de cor laranja brilhante.

#4 Cálcio

Já não é novidade para você que acompanha meus textos que o cálcio é essencial para o bom funcionamento e força dos ossos. Afinal previne contra diversos tipos de doenças, principalmente, contra a osteoporose. As principais fontes são os vegetais verde escuro assim como o brócolis, couve, repolho, rúcula, etc. Todavia, todos com baixas doses de oxalato, que se ligam no cálcio e tornam sua absorção muito mais difícil. Outras ótimas fontes de cálcio são laranja, feijão branco, grão de bico, amêndoas, gergelim e tahine.

#5 Ferro

A carne é uma das principais fontes de ferro, mas é possível encontrá-lo em fontes vegetais como no espinafre, lentilha, feijão, couve e nozes. O melhor é consumir junto a vitamina C que ajuda absorver melhor o ferro. Você encontra a Vitamina C na salsa, laranja, brócolis, kiwi, , tomate, etc.

#6 Ômega 3

As únicas opções para consumir são o DHA e EPA, que podem ser obtidos através do óleo da semente de linhaça, nozes, semente de chia e no abacate(nesse na forma de ácido – linoléico).

#7 Cereais

As proteínas são importantíssimas na construção e reparo muscular, produzindo enzimas, hormônios e neurotransmissores. Além de serem essenciais ao bom funcionamento do organismo. Desse modo, as opções veganas de fonte de proteínas são a ervilha, feijão branco, grão de bico, lentilha, cereais, grãos, etc. Um exemplo é o arroz integral, aveia, amaranto, quinoa, tofu, leite de nozes, semente de abóbora, girassol e gergelim.

O consumo de proteínas não interfere apenas no aumento do metabolismo como também na redução do apetite e na saciedade por mais tempo, da mesma forma com que diminui a velocidade com que os alimentos ricos em carboidratos são digeridos e absorvidos pelo corpo. Ou seja, prevenindo picos de insulina e, consequentemente, o acúmulo de gordura localizada. Dando muito mais energia e vitalidade ao dia a dia.

Outra função importante das proteínas é na manutenção do nosso sistema de defesa. Os anticorpos são um tipo de proteína que auxiliam nosso organismo a se defender de invasores diversos que podem comprometer nosso corpo como vírus, bactérias, etc. Desse modo também tem função principal na coagulação do sangue e controle como um todo.

As proteínas também são responsáveis por regular nosso metabolismo e nossos hormônios. A insulina é um dos mais conhecidos e têm importante papel no controle da glicose em nosso sangue. Encontradas nas membranas plasmáticas e intracelulares transportam substâncias como aminoácidos e glicose através das membranas celulares. Por isso, as proteínas são tão importantes quanto as fibras e gorduras boas.

Dieta vegana e a suplementação

Os alimentos de hoje em dia, contém muito menos nutrientes do que antigamente. Portanto a suplementação, diária, de vitaminas, minerais e nutrientes tem se tornado, cada vez mais, essencial. Não só para quem segue uma dieta vegana como em qualquer outro tipo de dieta. Assim, os suplementos a base de proteínas entram em cena como ótimas opções baratas e simples.

Aliás, eu, por exemplo, como só ovos e muito raramente peixes, quase sigo uma dieta vegana. Então preciso de uma ingestão muito maior de proteínas para conseguir atingir os níveis necessários. Mas isso não deve se tornar um problema. Já há no mercado ótimas opções de proteínas de origem vegana e que podem trazer os nutrientes necessários para suplementar a carência, diária, de diversos tipos de vitaminas e minerais.

Assim, você pode tomar o Whey Protein antes dos treinos do Barriga de Sonho, por exemplo, que trará inúmeros benefícios tanto durante quanto depois dos exercícios como acelerar o metabolismo. Utilizando mais energia do próprio corpo (gordura) e prolongando a queima de gordura e a utilização dessa proteína em vários processos metabólicos importantíssimos tanto no processo de emagrecimento quanto para a saúde geral do nosso corpo.

Qual o melhor suplemento vegano?

Então, foi pensando nisso, que resolvi criar minha linha completa  de suplementos, o RQX Nutritional, com o propósito de ajudar você a alcançar seus objetivos, conquistando sua barriga e seu corpo dos sonhos. Sobretudo, sem preços exorbitantes nem nomes difíceis com inúmeras variações de nomes e preços. Assim, todos eles foram criados para trazer praticidade e economia ao seu dia a dia. Inclusive, uma versão de whey protein para quem segue uma dieta vegana, mais natural e sem origem animal. 

rqx-ultra-shake-vegano-composicao

 

 

Logo, para ter resultados verdadeiramente eficazes e ao mesmo tempo duradouros você deve desintoxicar, nutrir para depois conseguir potencializar seus resultados. Com essa renovação, você emagrece com saúde, queimando gordura até 48 depois de ter treinado. Acima de tudo, sem sacrifícios, dietas super restritivas e ainda resultados falsos e pouco eficazes.

RQX Ultrashake Nutritional Vegano

O RQX Ultrashake Nutritional Vegano é a versão com proteínas de origem vegetal e sem lactose do Ultrashake Nutritional. Os veganos  não consomem nenhum alimento que tenha origem animal. O Ultrashake Vegano entra em ação suplementando uma série de vitaminas e minerais de forma segura.

Logo, para quem não consome produtos de origem animal, quer variar a suplementação ou ainda é alérgico e intolerante a leite e derivados, embora tenha sabor de pudim de baunilha. A proteína presente nessa versão é extraída da ervilha e do arroz, totalmente liberados na dieta vegana.

 

Os principais motivos por eu tê-lo criado são:

1⃣  Sou alérgica e intolerante a leite e derivados, portanto não posso consumir o whey protein (proteína do soro do leite). Assim como eu, muitas pessoas também são (e muitas nem sabem!).

2⃣  Sou adepta ao piscitarianismo, isto é, um regime alimentar que inclui peixes e frutos do mar, mas exclui a carne de outros animais.

3⃣  Mesmo que você utilize proteínas de origem animal e não tenha alergia ou intolerância, a proteína vegana (de origem vegetal) é indica. Afinal, é mais uma alternativa para variar suas fontes proteicas.

 

Benefícios

  • Proteína vegetais livre de transgênicos.
  • Sem açúcares, sem adoçantes nem corantes artificiais.
  • Alto teor de Fibras e Magnésio para otimizar seus resultados.
  • Economize dinheiro.
  • Substitua refeições.  
  • Utilize como pré e/ou pós treino.
  • Faça receitas fit proteicas.
  • Aumente o seu sistema imunológico.
  • Controle o desejo por doces.
  • Melhore seu intestino tudo ao mesmo tempo.  
  • Sabor irresistível.

 

Lembrando que cada porção de 30 grs (2 medidas) possui 20 grs de proteína. 1,3mg de vitamina B6 e 100mg de magnésio. entre outros ingredientes. Além disso, não possui glúten,  açúcares, corantes e adoçantes artificiais.

 

Dieta Vegana – O que é, benefícios, emagrece→【VEJA!】
5 (100%) 1 voto

Leave A Response

* Denotes Required Field