Agachamento, o rei dos exercícios

Não dá pra negar, ele ganha disparado de todos os outros exercícios que existem no mercado. Vamos falar hoje sobre o agachamento, o rei dos exercícios.

Ele é o meu exercício favorito, o que traz mais resultado, o mais importante, mais completo, o mais mais dos exercícios. Ele está presente em todos os meus treinos e não pode faltar na rotina de quem quer ter resultados reais nas pernas, glúteos e principalmente abdômen.

Todo mundo pode agachar

Antes de mais nada, é importante ter a consciência de que todo mundo é capaz de agachar, todos sabemos agachar. Faça uma experiência: peça pra uma criança agachar e observe como ela vai fazer com perfeição.

Agachar não é algo que se aprende, infelizmente é uma capacidade que os seres humanos têm, mas acabam perdendo. O que acontece é que, com o sedentarismo, a falta de equilíbrio toma conta do corpo e daí tudo fica mais difícil. Mas com disciplina dá pra correr atrás do prejuízo e recuperar a capacidade de agachar.

E ao contrário do que muitos pensam, agachar faz bem para a coluna e para os joelhos. O agachamento, quando bem executado, pode até funcionar como um aliado no tratamento de lesões, por isso, pode praticar agachamentos sem medo!

Porque ele reina soberano

O agachamento é um grande negócio pois através dele conseguimos trabalhar muitas áreas do corpo, ao mesmo tempo e com qualidade, força e intensidade.

Ele trabalha a lombar, o abdômen, o bíceps femural posterior da coxa, os glúteos e também o quadríceps! Acrescentando uma carga na parte superior do corpo, existe a possibilidade de trabalhar os músculos dos braços também. Viu só? É por isso que o agachamento é tão importante no treino!

O agachamento é excelente para quem tem pouco tempo, perfeito para otimizar o treino, pois pode sim trabalhar o corpo inteiro. As consequências desse movimento são exatamente o maior desejo de consumo de todo mundo que treina: glúteos durinhos, coxas muito bem definidas e barriga de sonho!

Como fazer o agachamento perfeito

Separando pelas partes do corpo, vou dar as principais dicas para tornar seu agachamento o mais perto da perfeição!

Tronco

  • Mantenha a curvatura natural do tronco e da coluna
  • Seu tronco deve permanecer o mais vertical possível
  • Mantenha o abdômen contraído
  • De um ponto de vista lateral, a orientação do tronco deve se manter paralelo à linha da tíbia

Caso tenha a tendência de inclinar-se para a frente com o tronco voltando para o chão no momento do agachamento, tome cuidado, preste atenção e corrija seu movimento. Uma boa dica é imaginar que existe uma parede bem na sua frente enquanto agacha, o que vai levar a uma abertura do peito, que é muito benéfica nessa hora. A inclinação é desnecessária e pode acabar sobrecarregando as vértebras e músculos.

Quadril

  • Na descida, a orientação do quadril deve buscar se aproximar dos tornozelos
  • Mantenha a pélvis neutra, sem retroversão, em todos os momentos
  • Não arredonde a lombar, mesmo descendo numa amplitude considerada máxima

Os fêmures devem permanecer simétricos e o quadril paralelo com o chão, durante toda a descida e em especial na fase final onde o esforço é maior, pois a tendência de movimentar a pélvis também é maior nessa hora.

Joelhos

  • Os joelhos devem sempre apontar na mesma direção dos pés
  • De maneira nenhuma deixe que seus joelhos apontem para fora ou para dentro de seus pés, pois essas posições indicam que ligamentos, músculos e articulações estão sobrecarregados
  • Sobre deixar o joelho passar da ponta dos pés, é normal, relativo avanço dos joelhos em relação aos pés é algo que acontece naturalmente nesse movimento, como uma consequência que não pode ser evitada. Preocupe-se apenas caso haja exagero ou alterações posturais perigosas.

 

Pronta pra arrasar no agachamento? Certo que sim!

Entra lá no meu Youtube para ver vídeos de treinos para fazer em casa!

Um grande beijo,

Raquel Quartiero

Agachamento, o rei dos exercícios
4.3 (85.71%) 21 votos

2 Comments

  • Cristina Alves Barros

    Reply Reply 31 de maio de 2017

    Cr

  • Kary Nascimento

    Reply Reply 31 de maio de 2017

    Pode fazer agachamento todos os dias?

Leave A Response

* Denotes Required Field